Buscar
  • Grupo de Ensino São Paulo

Como ser feliz e obedecer Deus?

Atualizado: Mai 26

Bianca Lima

Muitos acreditam que ser cristão é viver cumprindo regras e deixar de fazer muitas coisas que você gosta, que parece ser uma vida cansativa e difícil, que exige muito esforço; parece que quem vive assim está preso em mandamentos.


Porém, para um cristão, não é bem assim. O motivo de fazermos essas coisas não é por obrigação, mas por amor. Jesus nos diz: "Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos.” (João 14:15, NVI). E também nos diz no maior mandamento: " ‘Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’. Na bíblia, antes que Deus nos peça a obedecer, ele diz “me ame”, porque ele sabe que o nosso desejo é fazer o que nos agrada e não o que o agrada, e ele mesmo não quer que obedeçamos sem amor.


Ao contrário do que parece, o amor e todas as outras coisas que um cristão precisa ser não são forçados mas são dados a nós por meio do Espírito Santo: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio.” (Gálatas 5:22-23, NVI). E a obediência também é feita por meio dele: “Porei o meu Espírito em vocês e os levarei a agirem segundo os meus decretos e a obedecerem fielmente às minhas leis.” (Ezequiel 36:27). Ele nos leva a obedecer. 

Timothy Keller diz que “um dos princípios do amor é a necessidade de abrir mão da independência para alcançar intimidade maior”. Se você já teve um relacionamento amoroso ou não com alguém, sabe que é preciso que deixemos que o outro entre na nossa vida e se ajuste a nós, porque as pessoas são diferentes. Quando alguém que amamos não gosta de alguma coisa na nossa vida, se desejamos ficar ao seu lado, nós mudamos e até mesmo nos livramos daquilo para que essa pessoa fique feliz. É assim que um cristão pensa, ele se ajusta ao que Deus deseja por amor a ele.


Quando você faz um jantar ou compra um presente para alguém que você ama, você não fica feliz de ver que essa pessoa está feliz? Essa é a motivação do cristão, ele deseja que Deus seja glorificado e exaltado quando faz o que ele deseja. 

Liberdade não é não ter limites, se pensarmos assim, faríamos o que quiséssemos e não nos importaríamos com que os outros pensam. Desse jeito, nunca teríamos relacionamento próximo com ninguém, pois tudo seria por interesse próprio. Deus nos criou para relacionamentos com ele e com as pessoas. Esse é o segundo mandamento: “Ame o seu próximo como a si mesmo” (Mateus 22:39, NVI). 


Amar a Deus, este é o segredo da felicidade de uma pessoa que cumpre o que Deus deseja. A felicidade e o prazer de um cristão é esse: “Tenho grande alegria em fazer a tua vontade, ó meu Deus; a tua lei está no fundo do meu coração.” (Salmos 40:8, NVI). Deus criou cada um de nós para essa alegria, para que nos sintamos completos e satisfeitos nele. Para o cristão, Deus é o seu grande prazer, seja o obedecendo, o servindo ou evangelizando, isso é para a glória dele e ao mesmo tempo para a nossa alegria.

Então, para você que é cristão, mas tem se sentido preso em regras, peça para Deus lhe dar mais amor por ele e que ele te dê esse prazer na sua presença: Tu me farás conhecer a vereda da vida, a alegria plena da tua presença, eterno prazer à tua direita.” (Salmos 16:11, NVI). E convido você, que ainda não conhece bem tudo isso, a conhecer, por meio da Bíblia, e buscar a ajuda de alguém para guiar nesse estudo.


140 visualizações